domingo, 16 de janeiro de 2011

Harmonia

P: "Tudo o que me dás? Tento dar-te a ti. Mas nem tudo o que te dou, para mim é suficiente, tal como tudo o que me dás, para ti é insuficiente. Vivemos bem assim, vivemos óptimos assim, vivemos extraordinários assim, vivemos felizes assim, vivemos. (E o que é mais importante na vida do que viver?)
AMAR! E não me queixo, de longe. O manto cobre-nos e protege-nos, aquecendo-nos, escondendo-nos quando preciso, aconchegando-nos, aproximando-nos. Harmonia!
É isto que tenho a dizer. E agora… agora o azar esqueceu-me!"

Sinto-me a pessoa mais completa do Mundo. Tamanho sentimento que, se o quisesse expor através de vocábulos, ser-me-ia árduo, demorado e extremamente injusto. Palavras, minhas doces palavras, tomara vocês possuírem a capacidade de descrever o que sinto, tomara todas vocês conseguirem exprimir aquilo que nem eu própria consigo e tomara vocês viverem a vossa vida ténue com a alegria que eu vivo. Fracas e cruas palavras, deixo-vos de lado por uns instantes, não sei quando voltarei mas aviso que irei demorar. Larguei-vos com a maior das facilidades, com a minha destreza e a maior certeza que tinha de que vocês, apesar de minhas confidentes, ocupavam demasiado o meu espaço que agora, e desde há uns meses para cá, é ocupado por algo bem melhor que vocês. Um obrigada a vocês, por me fazerem evoluir nesta minha auto-descoberta, por ajudarem a ilustrar os meus auto-retratos e por me ensinarem que posso ser bem melhor que aquilo que eu julgaria. Eu sei que não guardarão remorsos, ora não fossem vocês um constante pilar de apoio, que a qualquer momento estarão ao meu lado. Mas, agora que o azar me esqueceu, eu prefiro viver a minha vida numa completa harmonia, num equilíbrio perfeito entre as minhas novas doces e alegres palavras e o meu amor perfeito. 
Agora que me fizeram sentir a pessoa mais completa, eu prefiro deixar-me levar por esta onda que me tem oferecido os dias mais gloriosos da minha vida, esta onda que me faz ver que o mais importante da vida é viver, que não há nada melhor do que desfrutar esta vida com alguém que nos aqueça a alma, nos conheça a cada olhar, que nos ofereça um sorriso mesmo nos seus piores dias, que nos abrace a cada despedida e nos dê um beijinho na testa demonstrando o seu respeito e a sua total confiança. Não há nada melhor do que viver isto ao teu lado, tu que demonstras uma preocupação tremenda sempre que me afasto dos teus braços e que me fazes ver que todos os meus dias valem a pena. Não há nada melhor do que se sentir a pessoa mais completa do Mundo!

1 comentário:

Vera Sousa disse...

É bom, muitoooo bom, viver assim :) mas da escrita eu não me desprendo nunca!
Um beijinho e muita felicidade nisso!