quarta-feira, 12 de agosto de 2009

estabilidade


A minha vida faz-me pensar. Passo horas a pensar na vida que tenho, a pensar se vale a pena viver esta vida que me persegue a cada minuto e dou mil e uma voltas à minha cabeça questionando-me se deverei viver outra vida se não a que vivo agora.
Hoje cheguei à conclusão que a minha vida, aquela que nunca me abandona, merece mais valor do que aquele que eu lhe atribuo. Porque razão deverei deixar a minha vida ir atrás da tua vida se a tua só me prejudica? Sinceramente, hoje apercebi-me que não preciso de ti para que a minha vida corra lindamente, e ainda bem. Cansei de te guardar em mim, cansei de te transportar e hoje libertei-me dessas tuas garras que tanto me aliciavam. Por isso, hoje estou bem, e a minha vida também. Hoje estou bem por não te ter, hoje a minha vida está feliz por não ser vivida por ti.

6 comentários:

Mj disse...

como sempre está fantástico!
como é que em tão poucas palavras consegues transmitir um sentimento enorme!
o texto todo está mesmo marcante.
I LOVE THIS!

nez disse...

Por isso, hoje estou bem, e a minha vida também.
e nao imaginas como me sinto bem por ler essas palavras. espero que estejas assim, SEMPRE *

André Sá disse...

:)

A felicidade é o que todos procuramos, inconscientemente ou conscientemente... Parabéns se a achaste, independentemente da sua durabilidade :)*

Diogo Silva disse...

Senti que estavas mesmo a falar de coração e fico sinceramente contentissimo por estares feliz acho que o mundo devia estar sempre felixiximo infelizmente eu não mando em nada =P gustei muito sim so provaste que um escritor não é um artista é um contador de sentimentos e emoções é um contador de vidas =0) e tu és sem duvida*
beijinhoO*

Luisinha disse...

esta lindo catarininha :)
ya, dizer a verdade, sem medo

Joana Reis disse...

Escreves mesmo bem, Catarina!