segunda-feira, 16 de novembro de 2009

diálogos sinceros



«C: Como estás, doce?
- Doente.
C: Doente? Que te dói?
- Dói-me o coração porque não pude ficar mais tempo contigo.»

Há pessoas que valem sempre a pena.